quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Colóquio infantil

( para Vilma)

Havia a mulher que detinha os poderes da cria,
as escadas chegavam ao reino.
Das mãos esticou a grama,
pelos pés brotaram os coqueiros.
Todo seu corpo ficava desenhando criações
( muitos ajeitamentos)
sua voz virava arara
ou outro bicho de asa.

Os coqueiros muitos
Rebrilhavam o sol nas folhas.
( não se usava despertador nesse reino)
Certos jeitos do sol bater
falam para os olhos abrirem.

Todos os dias deveriam ser sábados
(as folhas brilhariam para mim).

Certo dia,
menina desce a escadas
olha e sem nenhum espanto:
- Há criaturas também na cozinha?


Sim, sempre há criaturas por onde a mulher cria passa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pequena crônica poética – sobre os lençóis

Paisagens mutantes, vento e areia minúsculos pontos brilhantes envolvidos num sopro. Sopros e pontos brilhantes construindo relevos. Lá ...