sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Ensinamentos antoninos

Antonino de puro cerne
ensinou-me
entre duas pessoas
deve caber certos silêncios
medida para o amor.

De tanto saber de árvore
Adquiriu modos de carvalho,
[esses modos que a gramática não ensina
vem vindo com o sentimento.]

No seu ofício
traçava nos papeizinhos
com minúsculos lápis
todos os detalhes.
Jeitos de aprender na mente
rigor milimétrico.

Por ser um pouco árvore
guardava a fé
oração tão grande
ia pondo as gentes nas contas do rosário
silenciosamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pílula poética - assepsia

Assim suspensa no silêncio da casa me movo, e meus pós acumulados pelos anos como aspirar? [alguém aspira? – eu só sei inspirar] Minhas ...