terça-feira, 10 de março de 2009

Maternidade – preparatório

Há certos dias do mês,
em que todos os pequeninos
saltam-me ao colo.
Antes era de amiúdo
esse estranho acontecimento,
dia a dia ficou freqüente.

4 comentários:

  1. Lindo Chel, logo, logo...contribuirei com outros poemas...de grandes poetas e não meus...hehehe

    ResponderExcluir
  2. oi raquel... sabe q gosto do q vc escreve, esse maternidade é uma jóia!
    parabéns.
    'dia a dia ficou freqüente' é um verso poderoso.

    ResponderExcluir
  3. (meu comentário é para a última postagem, mas como não consegui, vai aqui)


    e a vida é aqui, nisso tudo.

    ResponderExcluir

Hoje não tem poesia

Tem sido difícil tentar explicar o óbvio. Eliane Brum nos diz que vivemos numa crise de palavras, na qual diferente do período da censura a...