sábado, 3 de novembro de 2012

A origem poética


                 ( inspirado em Ferreira Gullar para Paulinha Tavares)
                         
Poesia é espantamento,
espanto de todas as naturezas
              que o homem carrega.
              todos os sinônimos e antônimos.
E o poeta pergunta porque serão fados os versos?
             as tristezas amofinam o corpo | destilação instantânea.

Se fado sempre | poeta se enfarda .

            Alegria é tão brejeira
           que o corpo se alarga | destilação de difícil captura.

Se alegria brejeira | poeta estira na rede.

Mares brilhantes

Tudo chega tão rápido, Mares infinitos que se abrem por meio de telas brilhantes. Tanto mais eu nado, mais me afogo. Bits brilhantes de m...