quarta-feira, 16 de março de 2011

Amor miudeza

                                     (ao  miúdeza)

Nossas pequenas miudezas...

miudezinhas,
ficam aqui trepidando
tão fortes.

Miudezinhas, miudezinhas...
conduzem sempre
ao secreto nós,
onde há desde a estridente gargalhada
ao silêncio profundo do olhar.

Miúda grandeza.

Um comentário:

Pequena crônica poética – sobre os lençóis

Paisagens mutantes, vento e areia minúsculos pontos brilhantes envolvidos num sopro. Sopros e pontos brilhantes construindo relevos. Lá ...