terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Origem do fado

Em mim tantos resquícios dela,
[Dela que germinou em seu ventre]
Então quando o fado causa arrepios

Relembro da origem desse alumbramento
Ela achava as falas do português matriacal lindas.
Envaidecida com o cantor.

Quando as partes do meu ser
tocam com o fado
foi por aprendizado sonoro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mares brilhantes

Tudo chega tão rápido, Mares infinitos que se abrem por meio de telas brilhantes. Tanto mais eu nado, mais me afogo. Bits brilhantes de m...