quinta-feira, 10 de junho de 2010

Recosto da cabeça

E o ombro parece se projetar

além do corpo
de repente
o pequeno

aumenta
 sorrateira
sua cabeça
ocupa o buraco
que cresceu.

arrimo de gente.

Um comentário:

Hoje não tem poesia

Tem sido difícil tentar explicar o óbvio. Eliane Brum nos diz que vivemos numa crise de palavras, na qual diferente do período da censura a...