sexta-feira, 30 de abril de 2010

Trocadilho

Certas ocasiões meu pai se senta na varanda,

entoa canções no acordeon,
a rua toda é platéia,
creio;
que moro numa casa que amanhece
constantemente cantando.

2 comentários:

Pílula poética - assepsia

Assim suspensa no silêncio da casa me movo, e meus pós acumulados pelos anos como aspirar? [alguém aspira? – eu só sei inspirar] Minhas ...