sexta-feira, 30 de abril de 2010

Trocadilho

Certas ocasiões meu pai se senta na varanda,

entoa canções no acordeon,
a rua toda é platéia,
creio;
que moro numa casa que amanhece
constantemente cantando.

2 comentários:

Trovinha celeste

Moro numa cidade onde a noite entra no dia abruptamente. Eu tenho saudades do entremeio do pôr do sol, a noite come o dia devagarinho, ...