quinta-feira, 25 de março de 2010

Do que me pinto

Estes vermelhos
que me pintam
são parte
da volúpia,
em si
sacrossanta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mares brilhantes

Tudo chega tão rápido, Mares infinitos que se abrem por meio de telas brilhantes. Tanto mais eu nado, mais me afogo. Bits brilhantes de m...