sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

A Louca

Porque de tempos
em tempos,
os anelos
me tomam,
o corpo ondula solitário
na música.

São os anelos rompidos
que ajudam a carregar
a severidade da vida

Mares brilhantes

Tudo chega tão rápido, Mares infinitos que se abrem por meio de telas brilhantes. Tanto mais eu nado, mais me afogo. Bits brilhantes de m...